30 janeiro 2013

O conforto da costura

Boa tarde, janeiro chegando ao fim e hoje têm papo ruim e também boa conversa.
Primeiro, o amargo da vida, não dá pra escrever um post sem comentar a tragédia que assolou meu estado no Domingo passado: o incêndio da casa noturna em Santa Maria, com saldo de 235 jovens mortos. 
Era para ser um Domingo alegre e ensolarado de verão, mas o mundo, perplexo, assistiu cenas de uma batalha inglória contra o fogo.  Foi um Domingo muito, muito triste. 
Publicamente, desejamos que os fatos sejam apurados sem sensacionalismo e que a justiça seja feita. Desejamos também, que estas famílias consigam encontrar conforto e respeito, neste período de luto. Não será nada fácil.
As dores vêm, temos provações, as tristezas nem sempre são anunciadas, mas a vida precisa seguir, e assim foi por aqui.
Costurar, foi um conforto.
Peças novas vêm chegando para pronta entrega e logo estarão disponíveis. Por enquanto vamos de 'pitadinhas' e dicas de costura.
#1 O pesponto no acabamento, até pode ser dispensado, dependendo do tamanho e tipo de peça, mas nas grandes ele é indispensável!













#2 NUNCA deixe o tecido dobrado sob a parte que estás cortando. 
Você corre o risco de dar uma 'beliscada' e ficar com um buraco no meio do tecido restante. Acredite, em algum momento isto irá acontecer. 

6 comentários:

Cibele Studart disse...

E essas teças novas, hein?! Doida pra ver do q se trata! Serão mais bolsinhas???
Falando em bolsas, deu saudade daquelas tuas bolsas do início da tua "carreira". Lembra de uma pequenininha q parece uma polchete? Pois ela é minha amiga nas caminhadas pela praia pois cabe certinho o celular dentro e, caso necessário, alguma coisa extra (além de ser colorida e por isso combina com tudo o q eu estiver usando!).
E a grandona....!! Não vou à praia ou piscina sem ela, pois cabe protetor solar, saída de banho, a câmera e até 3 toalhas. Perfeita? Com certeza!!

Cibele Studart disse...

teças = peças.
#dica: nunca clique em "postar comentário" sem antes reler o que escreveu =P

Luciana Kotaka disse...

Que lindos esses tecidos, adoro tudo o que é colorido e traz vida ao ambiente.
Adorei as imagens de Gramado, sou louca para conhecer.
Bjs

Camila Schone disse...

Realmente, tudo muito triste! :(
Que o restante dos meses seja mais feliz..

Beijos e obrigada pelas dicas

Juliana Kimura disse...

Muito triste, fiquei muito abalada Ana.. Penso que podia ser com qualquer pessoa, com qualquer jovem... É muito triste.. Triste é ver como a mídia ainda tenta se sobressair em cima da tragédia alheia!

Só peço a Deus que conforte todas as famílias, e vamos orar pelos que, infelizmente, não estão mais conosco!

As suas dicas são sempre úteis pra mim! Acredite, já cortei acidentalmente tecido assim, e acabei aprendendo na marra, rs

Um beijo, bom restinho de semana...

♥ Nia disse...

A noticia chegou cá também =/ Foi uma grande tragédia..